Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 

110 Anos da Imigração Japonesa

  Amizade, base da cooperação mútua
Em sessão solene na Câmara, Junji homenageia Fábio de Salles Meirelles que comanda no Estado as instituições máximas do agronegócio, principal alvo dos investimentos japoneses que transformaram o Brasil em potência agrícola mundial
21/06/2018 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
232
Em sessão solene na Câmara, Junji homenageia Fábio de Salles Meirelles, representado pelo filho, Fábio de Salles Meirelles Filho, do Instituto Pensar Agro
 
Entusiasmo e esperança marcaram a sessão solene, realizada nesta quinta-feira (21/06/2018) na Câmara dos Deputados, em homenagem aos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil. Como integrante do Grupo Parlamentar Brasil-Japão, o deputado federal Junji Abe (MDB-SP) valorizou o aspecto humano como base da poderosa relação bilateral: “Apesar da importante revolução tecnológica mundial, a amizade entre os dois povos foi o alicerce da cooperação mútua, fundamental para o desenvolvimento nacional em todos os campos do conhecimento”.

Em nome do Grupo Parlamentar, Junji prestou uma homenagem a Fábio de Salles Meirelles, presidente do Sistema Faesp/Senar-AR/SP – Federação da Agricultura do Estado de São Paulo e Serviço Nacional de Aprendizagem Rural-Administração Regional do Estado de São Paulo. Ainda muito dinâmico, aos 90 anos de idade, ele não pôde comparecer ao evento e foi representado pelo filho, Fábio de Salles Meirelles Filho, que comanda o Instituto Pensar Agro.

Autor da indicação acolhida pelo colegiado, Junji explicou que a homenagem a Meirelles se justifica pelo que ele representa para o agronegócio brasileiro. “Os pesados investimentos do governo japonês no setor transformaram o Brasil em potência agrícola mundial. Dr. Fábio comanda Faesp e Senar, as duas entidades máximas da agricultura paulista que deve sua solidez ao empreendedorismo deste grande líder”.

O campo abraçou a maioria dos imigrantes japoneses e ainda hoje, prosseguiu Junji, concentra grande parte dos descendentes. Ele entregou a honraria a Meirelles Filho, destacando que, assim como o pai, o presidente do Instituto Pensar Agro “é um grande guerreiro na defesa do agronegócio brasileiro”. Os três participam dos principais colegiados ligados ao setor no Congresso, como a FPA – Frente Parlamentar da Agropecuária.

Entre as décadas de 50 e 80, rememorou Junji, foi consolidada a integração entre os dois povos, com a multiplicação de parcerias. “O governo japonês financiou o desenvolvimento do Cerrado, que revolucionou a produção nacional, alicerçando o agronegócio brasileiro como o celeiro do mundo”, exemplificou, lembrando que a Jica – Agência de Cooperação Internacional do Japão, também viabilizou tecnologias para autossuficiência na produção de maçãs em Santa Catarina.

Ainda para mostrar a próspera parceria, Junji elencou os megafinanciamentos concedidos para despoluição do Rio Tietê e da Baía da Guanabara, além do impulso à produção siderúrgica na Usiminas, que contribuiu com o avanço tecnológico da Siderbras, aumentando a qualidade do ferro, aço e derivados, insumos para a indústria nacional.

Como a cooperação é uma via de mão dupla, ponderou o deputado, o Brasil fornece aos japoneses minérios e produtos agrícolas como soja, café, algodão, suco de laranja, carne bovina e aves, além de etanol. “Continuamos trabalhando com muita determinação para que a relação bilateral Brasil-Japão seja cada vez mais robusta”, declarou o deputado. Junji presidiu a primeira parte dos trabalhos da sessão solene, a pedido da deputada federal Keiko Ota (PSB-SP), que comanda o Grupo Parlamentar Brasil-Japão.

O Brasil é morada de cerca de 1,9 milhão de japoneses e descendentes, enquanto 180 mil brasileiros vivem no Japão. Ao destacar a importância das parcerias, o embaixador do Japão no Brasil, Akira Yamada, apontou o aprofundamento da cooperação entre os dois países, alicerçada no trinômio 3 juntos: “Progredir juntos, liderar juntos e inspirar juntos!” finalizou ele, agradecendo em português e em japonês.

Outras autoridades discursaram, todas evidenciando a cooperação entre Brasil e Japão e a fé em parcerias cada vez mais amplas, como o embaixador Extraordinário e Plenipotenciário do Brasil no Japão, Eduardo Paes Saboia; Renato Ishikawa, presidente do Hospital Santa Cruz; Hermínio Hideo Suguino, da Feanbra – Federação das Associações Nipo-Brasileiras do Centro Oeste; Sérgio Leite, diretor-presidente da Usiminas; Akio Saito, representante da Jica; e Bruno Omori, presidente da Associação Brasileira de Hotéis de São Paulo, além dos deputados Keiko Ota, Takayama (PSC-PR), Walter Ihoshi (PSD-SP), Geraldo Resende (PSDB-MS), Vanderlei Macris (PSDB-SP), Paes Landim (PTB-PI) e Adilson Sachetti (PRB-MT).

Com o Plenário da Casa enriquecido por professores, monitores e alunos das escolas Athos Bulcão e Caseb – todos trazendo bandeiras dos dois países –, o célebre cantor Joe Hirata apresentou “Arigatô, Brasil!”, tema dos 110 anos da Imigração Japonesa no Brasil, e também interpretou a música mais cantada do século no Japão, convidando para um grande brinde com “Kampai”. Também participaram da sessão solene, o vereador paulistano Masataka Ota (PSB), marido de Keiko, e a preletora da Seicho-No-Ie, Jandira Castro, além de dirigentes de entidades nipo-brasileiras e outras lideranças.

Celebração
O Grupo Parlamentar Brasil-Japão organizou as comemorações alusivas aos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, com eventos que começaram no dia 4 e prosseguem até 22 de julho. A sessão solene foi requerida ao presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelos deputados federais Keiko Ota, Luiz Nishimori (PR-PR), Vanderlei Macris, Takayama e Walter Ihoshi, todos do colegiado.

A “Exposição Hiroshima e Nagasaki – Do Fim ao Renascimento, uma Travessia de Perdão e Cultura de Paz” marcou o início das comemorações. Valorizando a culinária japonesa, já incorporada pelos brasileiros, a Semana Internacional Gastronômica trará pratos elaborados pelo chef da Embaixada do Japão no Brasil para os frequentadores dos restaurantes da Câmara dos Deputados e do Senado. O evento será realizado de 9 a 13 de julho. Também como parte das comemorações, o Congresso Nacional ganhará iluminação especial ao longo do período entre 9 e 22 julho. As luzes trarão as cores da bandeira do Japão.

Junji Abe é filho e neto de imigrantes japoneses e, em 2014, ocupou a presidência do Grupo Parlamentar Brasil-Japão, do qual também fez parte durante seu primeiro mandato (fev-2011 a jan-2015) na Casa. Ele reassumiu o cargo na atual legislatura, em 21 de fevereiro último.

Mais fotos

Íntegra da Sessão Solene
Mais informações:

Mel Tominaga
Jornalista – MTB 21.286
Tels: (11) 99266-7924 e (11) 4721-2001
E-mail: mel.tominaga@junjiabe.com
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais notícias
 

   



     
   
  Junji a Meirelles Filho: "Dr. Fábio comanda Faesp e Senar, as duas entidades máximas da agricultura paulista que deve sua solidez ao empreendedorismo deste grande líder”  
         
 
Embaixador Akira Yamada e outras autoridades participam de solenidade
 
         
 
Junji: “Apesar da revolução tecnológica mundial, a amizade entre os dois povos foi o alicerce da cooperação mútua"
 
         
     
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Brasília: Câmara dos Deputados, Anexo IV - Gab 512 - CEP 70160-900 - Brasília⁄DF | Telefone: (61) 3215-5512 | E-mail: dep.junjiabe@camara.leg.br
Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 153- CEP: 08730-130 - Jd. Santista- Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com