Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 

Mogi das Cruzes

  R$ 3 milhões para saúde
Recursos autorizados pela Secretaria de Governo da Presidência da República para rede municipal resultam de mobilização de Junji, a pedido do vice-prefeito Juliano Abe
23/03/2018 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
456
Junji anuncia liberação dos recursos, na Prefeitura: “É uma grande satisfação poder contribuir para melhorar o atendimento num setor fundamental como a saúde, principalmente porque a crise aumentou a demanda na rede pública"
 
O deputado federal Junji Abe garantiu a remessa de R$ 3 milhões da União para a rede municipal de saúde de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. Tratam-se de recursos federais para programas governamentais, obtidos pelo parlamentar a pedido do vice-prefeito Juliano Abe. O objetivo da administração municipal é investir em adequações de unidades básicas de saúde e equipamentos.

O anúncio da liberação foi feito na noite desta sexta-feira (23/03/2018), em reunião com o prefeito Marcus Melo (PSDB), o vice-prefeito e vereadores, na sede da Prefeitura. “É uma grande satisfação poder contribuir para melhorar o atendimento num setor fundamental como a saúde, em especial, porque a crise econômica aumentou, substancialmente, a demanda na rede pública, trazendo grande número de pacientes que perderam o emprego e, com ele, o plano privado de saúde”, manifestou-se Junji.

“A partir de agora, vamos identificar junto com a Saúde e o Planejamento em quais locais as verbas serão aplicadas. Junji conhece bem a nossa Cidade. Foi por oito anos prefeito. Então só temos a agradecer por ter você lá, em Brasília”, destacou o prefeito Marcus Melo, que designou o secretário municipal de Saúde, Marcello Cusatis, o Téo – presente à reunião – , para analisar as unidades que precisam ser priorizadas e monitorar o processo.

De acordo com Junji, o governo federal pretende efetivar a liberação do dinheiro à Prefeitura de Mogi ainda neste ano pelo Ministério da Saúde, por meio de repasse efetuado diretamente do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Municipal de Saúde. Basta que o Executivo mogiano adote os procedimentos administrativos necessários. Os recursos extraorçamentários virão de programas governamentais.

Acionado por Juliano, o deputado levou ao Palácio Planalto o pedido de recursos para a Cidade. No início do mês (06/03), Junji reuniu-se com o ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo da Presidência da República, e o secretário Geral de Relações Institucionais – vinculado à Pasta –, Marcelo Barbieri. Na ocasião, ele detalhou as necessidades, demonstrando os motivos do apelo por repasses federais, ainda neste ano, para ajudar Mogi e outras cidades com as quais tem maior proximidade. A primeira contemplada é a terra natal do parlamentar.

O ano é bem difícil, “de extremo contingenciamento financeiro, como definiu o deputado. Para ser ter uma ideia, contou ele, nos últimos 15 dias, pelo menos 4 mil prefeitos estiveram em Brasília em busca de recursos. “Juliano ficou insistindo para que eu lutasse por verbas para Mogi, com prioridade para investimentos em saúde. Então, corri atrás e encontrei o Marcelo Barbieri, que intermediou o contato com o ministro. Isto é prova de que o trabalho conjunto, desempenhado pelas lideranças políticas de Mogi, traz resultados”, avaliou.

O vice-prefeito Juliano Abe festejou a conquista, evidenciando “a importância de a Cidade contar com um legítimo representante” em Brasília. “Situações como esta confirmam como a atuação firme e competente de um deputado mogiano traz resultados positivos para Mogi”, analisou, rememorando que Junji assumiu o cargo há pouco mais de um mês, em 21 de fevereiro último, e já garantiu R$ 3 milhões ao Município.

Segundo Juliano, “precisamos de gente como o Junji, em Brasília, que se desdobra e encontra caminhos para ajudar a Cidade”. O vice-prefeito comentou que os recursos não são provenientes de emenda parlamentar, porque o deputado assumiu o segundo mandato depois que o OGU – Orçamento Geral da União deste ano já estava consolidado. Assim, não pôde inserir previsão de remessas orçamentárias em 2018 e só conseguirá apresentar emendas parlamentares para 2019.

O presidente da Câmara Municipal, Pedro Komura (PSDB) também expressou gratidão, observando que “essas parcerias são muito importantes para o entrosamento e intermediação de recursos” para a Cidade. “Agradecemos muito ao deputado Junji. Sua volta é muito representativa para Mogi”, concordou o vereador Mauro Araújo (PMDB).

Também participaram da reunião os vereadores Antonio Lino (PSD), Diego de Amorim Martins, o Diegão (PMDB), Edson Santos (PSD) e Emerson Rong (PR), além dos secretários municipais Marcos Regueiro (Gestão), Marco Soares (Governo) e Dirceu Lorena de Meira (Serviços Urbanos), acompanhado do adjunto Daniel Dias.

Histórico
Com a remessa de mais R$ 3 milhões para Mogi das Cruzes, Junji Abe eleva a injeção financeira na Cidade para R$ 24,5 milhões, em decorrência do seu trabalho como deputado federal. Os setores de saúde e saneamento básico concentram as movimentações prioritárias do parlamentar para receberem repasses financeiros de aproximadamente R$ 16 milhões.

Do total de recursos para investimentos na Cidade, R$ 21,5 milhões são provenientes de emendas parlamentares aos orçamentos da União e do governo estadual, assim como gestões diretas junto a ministérios, secretarias de Estado e demais órgãos públicos, todas desenvolvidas em seu primeiro mandato na Casa, entre janeiro de 2011 e fevereiro de 2015.

“Como ex-prefeito, sei bem o quanto é difícil para as cidades viabilizarem investimentos para atender crescentes demandas em áreas como a saúde que ainda carece de muitas medidas, como mais profissionais – devidamente qualificados e remunerados – para proporcionar atendimento digno à população”, descreveu Junji.

Como prefeito de Mogi por oito anos seguidos, Junji idealizou e implantou a festejada rede de prós. Ou seja, unidades especializadas na assistência à mulher (Pró-Mulher), à criança (Pró-Criança) e ao idoso (Pró-Hiper), além do Promeg – Programa de Medicamentos Gratuitos.

Na área de saneamento básico, o então prefeito tirou a Cidade da nefasta condição de despejar 99,5% dos esgotos coletados, sem tratamento, nos cursos d’água. Elevou o índice de tratamento dos efluentes lançados nas águas, de 0,5%, em 2001, para quase 50%, em 2008. Não por menos, deixou a Prefeitura com pesquisas apontando 86% de aprovação popular.

Fotos: Guilherme Berti/PMMC
Mais informações:

Mel Tominaga
Jornalista – MTB 21.286
Tels: (11) 99266-7924 e (11) 4721-2001
E-mail: mel.tominaga@junjiabe.com
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais notícias
 

   



     
   
  Anúncio de investimentos: prefeito Marcus Melo, vice-prefeito Juliano Abe, vereadores e secretários municipais  
         
     
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Brasília: Câmara dos Deputados, Anexo IV - Gab 512 - CEP 70160-900 - Brasília⁄DF | Telefone: (61) 3215-5512 | E-mail: dep.junjiabe@camara.leg.br
Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 153- CEP: 08730-130 - Jd. Santista- Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com