Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 

Mogi das Cruzes

  R$ 3 milhões para saúde
Recursos autorizados pela Secretaria de Governo da Presidência da República para rede municipal resultam de mobilização de Junji, a pedido do vice-prefeito Juliano Abe
23/03/2018 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
265
Junji anuncia liberação dos recursos, na Prefeitura: “É uma grande satisfação poder contribuir para melhorar o atendimento num setor fundamental como a saúde, principalmente porque a crise aumentou a demanda na rede pública"
 
O deputado federal Junji Abe (PSD-SP) garantiu a remessa de R$ 3 milhões da União para a rede municipal de saúde de Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. Tratam-se de recursos federais para programas governamentais, obtidos pelo parlamentar a pedido do vice-prefeito Juliano Abe (PSD). O objetivo da administração municipal é investir em adequações de unidades básicas de saúde e equipamentos.

O anúncio da liberação foi feito na noite desta sexta-feira (23/03/2018), em reunião com o prefeito Marcus Melo (PSDB), o vice-prefeito e vereadores, na sede da Prefeitura. “É uma grande satisfação poder contribuir para melhorar o atendimento num setor fundamental como a saúde, em especial, porque a crise econômica aumentou, substancialmente, a demanda na rede pública, trazendo grande número de pacientes que perderam o emprego e, com ele, o plano privado de saúde”, manifestou-se Junji.

“A partir de agora, vamos identificar junto com a Saúde e o Planejamento em quais locais as verbas serão aplicadas. Junji conhece bem a nossa Cidade. Foi por oito anos prefeito. Então só temos a agradecer por ter você lá, em Brasília”, destacou o prefeito Marcus Melo, que designou o secretário municipal de Saúde, Marcello Cusatis, o Téo – presente à reunião – , para analisar as unidades que precisam ser priorizadas e monitorar o processo.

De acordo com Junji, o governo federal pretende efetivar a liberação do dinheiro à Prefeitura de Mogi ainda no primeiro semestre deste ano pelo Ministério da Saúde, por meio de repasse efetuado diretamente do Fundo Nacional de Saúde ao Fundo Municipal de Saúde. Basta que o Executivo mogiano adote os procedimentos administrativos necessários. Os recursos extraorçamentários virão de programas governamentais. Por ser ano eleitoral, os repasses só podem ocorrer até três meses antes das eleições. Portanto, até julho.

Acionado por Juliano, o deputado levou ao Palácio Planalto o pedido de recursos para a Cidade. No início do mês (06/03), Junji reuniu-se com o ministro Carlos Marun, da Secretaria de Governo da Presidência da República, e o secretário Geral de Relações Institucionais – vinculado à Pasta –, Marcelo Barbieri. Na ocasião, ele detalhou as necessidades, demonstrando os motivos do apelo por repasses federais, ainda neste ano, para ajudar Mogi e outras cidades com as quais tem maior proximidade. A primeira contemplada é a terra natal do parlamentar.

O ano é bem difícil, “de extremo contingenciamento financeiro, como definiu o deputado. Para ser ter uma ideia, contou ele, nos últimos 15 dias, pelo menos 4 mil prefeitos estiveram em Brasília em busca de recursos. “Juliano ficou insistindo para que eu lutasse por verbas para Mogi, com prioridade para investimentos em saúde. Então, corri atrás e encontrei o Marcelo Barbieri, que intermediou o contato com o ministro. Isto é prova de que o trabalho conjunto, desempenhado pelas lideranças políticas de Mogi, traz resultados”, avaliou.

O vice-prefeito Juliano Abe festejou a conquista, evidenciando “a importância de a Cidade contar com um legítimo representante” em Brasília. “Situações como esta confirmam como a atuação firme e competente de um deputado mogiano traz resultados positivos para Mogi”, analisou, rememorando que Junji assumiu o cargo há pouco mais de um mês, em 21 de fevereiro último, e já garantiu R$ 3 milhões ao Município.

Segundo Juliano, “precisamos de gente como o Junji, em Brasília, que se desdobra e encontra caminhos para ajudar a Cidade”. O vice-prefeito comentou que os recursos não são provenientes de emenda parlamentar, porque o deputado assumiu o segundo mandato depois que o OGU – Orçamento Geral da União deste ano já estava consolidado. Assim, não pôde inserir previsão de remessas orçamentárias em 2018 e só conseguirá apresentar emendas parlamentares para 2019.

O presidente da Câmara Municipal, Pedro Komura (PSDB) também expressou gratidão, observando que “essas parcerias são muito importantes para o entrosamento e intermediação de recursos” para a Cidade. “Agradecemos muito ao deputado Junji. Sua volta é muito representativa para Mogi”, concordou o vereador Mauro Araújo (PMDB).

Também participaram da reunião os vereadores Antonio Lino (PSD), Diego de Amorim Martins, o Diegão (PMDB), Edson Santos (PSD) e Emerson Rong (PR), além dos secretários municipais Marcos Regueiro (Gestão), Marco Soares (Governo) e Dirceu Lorena de Meira (Serviços Urbanos), acompanhado do adjunto Daniel Dias.

Histórico
Com a remessa de mais R$ 3 milhões para Mogi das Cruzes, Junji Abe eleva a injeção financeira na Cidade para R$ 24,5 milhões, em decorrência do seu trabalho como deputado federal. Os setores de saúde e saneamento básico concentram as movimentações prioritárias do parlamentar para receberem repasses financeiros de aproximadamente R$ 16 milhões.

Do total de recursos para investimentos na Cidade, R$ 21,5 milhões são provenientes de emendas parlamentares aos orçamentos da União e do governo estadual, assim como gestões diretas junto a ministérios, secretarias de Estado e demais órgãos públicos, todas desenvolvidas em seu primeiro mandato na Casa, entre janeiro de 2011 e fevereiro de 2015.

“Como ex-prefeito, sei bem o quanto é difícil para as cidades viabilizarem investimentos para atender crescentes demandas em áreas como a saúde que ainda carece de muitas medidas, como mais profissionais – devidamente qualificados e remunerados – para proporcionar atendimento digno à população”, descreveu Junji.

Como prefeito de Mogi por oito anos seguidos, Junji idealizou e implantou a festejada rede de prós. Ou seja, unidades especializadas na assistência à mulher (Pró-Mulher), à criança (Pró-Criança) e ao idoso (Pró-Hiper), além do Promeg – Programa de Medicamentos Gratuitos.

Na área de saneamento básico, o então prefeito tirou a Cidade da nefasta condição de despejar 99,5% dos esgotos coletados, sem tratamento, nos cursos d’água. Elevou o índice de tratamento dos efluentes lançados nas águas, de 0,5%, em 2001, para quase 50%, em 2008. Não por menos, deixou a Prefeitura com pesquisas apontando 86% de aprovação popular.

Fotos: Guilherme Berti/PMMC
Mais informações:

Mel Tominaga
Jornalista – MTB 21.286
Tels: (11) 99266-7924 e (11) 4721-2001
E-mail: mel.tominaga@junjiabe.com
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais notícias
 

   



     
   
  Anúncio de investimentos: prefeito Marcus Melo, vice-prefeito Juliano Abe, vereadores e secretários municipais  
         
     
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Brasília: Câmara dos Deputados, Anexo IV - Gab 512 - CEP 70160-900 - Brasília⁄DF | Telefone: (61) 3215-5512 | E-mail: dep.junjiabe@camara.leg.br
Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 153- CEP: 08730-130 - Jd. Santista- Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com