Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 

Pindamonhangaba

  Mobilização popular
Candidato a deputado federal, Junji Abe (DEM) percorrerá as ruas centrais de Pindamonhangaba
12/08/2010 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
1436
Caminhada pelas ruas centrais da cidade visa fortalecer contatos com os moradores
 
No próximo sábado (14/08/10), o candidato a deputado federal Junji Abe (DEM) tem um encontro marcado com a população de Pindamonhangaba, na Região do Vale do Paraíba. O democrata fará uma caminhada, a partir das 9 horas, pelas principais ruas da cidade ao lado dos vereadores Isael Domingues (PSDB) e Martim Cesar (DEM), de lideranças comunitárias e correligionários regionais. As equipes dos parlamentares, somadas à de Junji, prometem uma mobilização caprichada e com muita animação para fortalecer o contato com os moradores.

Pindamonhangaba é uma das cidades que deverão receber especial atenção de Junji, se eleito, assim como os outros municípios do Vale, do Litoral Norte e do Alto Tietê. Junji é o candidato a deputado federal indicado pelo Democratas para atuar nessas regiões. Trata-se de uma divisão geográfica orientada pelo DEM com base na familiaridade do concorrente com as regiões indicadas e no conhecimento que tem delas. O objetivo é garantir proximidade com o eleitorado e, consequentemente, comprometimento do futuro deputado com a população das bases onde teve votação.

Além de atuar nas regiões indicadas pelo partido, Junji mantém o antigo e estreito relacionamento com a agricultura, o agronegócio e as localidades paulistas que têm as atividades como base da sua economia. Isto é reflexo das décadas de trabalho como líder rural, reconhecido em nível nacional – ele ainda produz orquídeas – e deputado estadual. Ao longo dos dez anos em que esteve na Assembléia Legislativa, fixou-se como o principal representante do setor junto aos demais parlamentares e ao governo do Estado.

Ex-prefeito de Mogi das Cruzes, Junji Abe deixou o cargo com 86% de aprovação popular – segundo pesquisas de opinião pública, após dois mandatos consecutivos (2001-2008). Em 30 anos de vida pública, o candidato registra ainda três legislaturas como deputado estadual e uma como vereador da maior Cidade do Alto Tietê.

Homem público
Junji Abe ingressou na vida pública em 1972, quando foi eleito vereador de Mogi das Cruzes com a maior votação da história da Cidade – correspondentes, na época, a 13% do Colégio Eleitoral. Foi secretário municipal de Agricultura, Abastecimento, Indústria e Comércio de Mogi. Em 1980, coordenou a implantação de mercadões e varejões na cidade de São Paulo.

Deputado estadual por três legislaturas consecutivas, conquistou os votos de 30.844 eleitores para iniciar seu primeiro mandato em 15 de março de 1991. Foi reeleito em 3 de outubro de 1994, com 40.073 votos obtidos em 377 municípios – quase 60% do total de localidades paulistas. Em 1998, teve sua reeleição assegurada pelos 59.932 votos recebidos em 429 das 645 cidades do Estado.

Durante os dez anos de atuação na Casa de Leis, foi o único produtor rural entre os 94 parlamentares. Foi presidente da Comissão de Agricultura e Pecuária do Legislativo paulista por dez anos, desde 91. Por indicação da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP) – onde atuou como conselheiro – e da Fundação W.K. Kellogg, foi um dos 16 líderes rurais escolhidos para conhecer modelos de educação para manejo agronômico nos Estados Unidos, Canadá e Costa Rica.

Também comandou a Câmara Setorial de Olericultura da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento e presidiu o Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê-Cabeceiras, que atua na proteção e recuperação dos recursos naturais. A consistente atuação parlamentar rendeu-lhe mais de uma centena de homenagens e títulos honoríficos de “Cidadão”.

Além da contudente defesa dos pequenos e médios produtores rurais do Estado, a busca do desenvolvimento econômico sustentável das cidades paulistas foi uma de suas marcas no Parlamento. Foi, por exemplo, um dos principais articuladores da parceria entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e o Governo do Estado para a construção do sistema viário no entroncamento entre as Rodovias Ayrton Senna e Mogi-Dutra, obra decisiva para que a General Motors (GM) instalasse sua fábrica na Cidade. Ele deixou a Assembléia Legislativa de São Paulo para assumir a Prefeitura.

Como prefeito, exerceu, por dois mandatos (2001-2002 e 2005-2006), a presidência da AMAT – Associação dos Municípios do Alto Tietê, formada por 11 cidades: Mogi das Cruzes, Arujá, Biritiba Mirim, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Guarulhos, Itaquaquecetuba, Poá, Salesópolis, Santa Isabel e Suzano. Também por duas vezes (2004-2005 e 2006-2007), presidiu o Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê, constituído pelos 38 municípios da Região Metropolitana de São Paulo.

Por cinco vezes, Junji Abe recebeu o título de "Prefeito Empreendedor" – Prêmio Governador Mário Covas, concedido pelo Sebrae, em reconhecimento às iniciativas de apoio às micro e pequenas empresas de Mogi das Cruzes, desenvolvidas nos anos de 2001, 2002, 2005, 2007 e 2008.
Mais informações:

Mel Tominaga
Jornalista – MTB 21.286
Tels: (11) 99266-7924 e (11) 4721-2001
E-mail: mel.tominaga@junjiabe.com
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais notícias
 

   



 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Brasília: Câmara dos Deputados, Anexo IV - Gab 512 - CEP 70160-900 - Brasília⁄DF | Telefone: (61) 3215-5512 | E-mail: dep.junjiabe@camara.leg.br
Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 153- CEP: 08730-130 - Jd. Santista- Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com