Quem sou eu Artigos Fotos com o deputado Deu na Imprensa Notícias Fale com o Junji Fale com o Junji
   
   
   
 
E-mail:
 
 
 
 
Valor da preveno
Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020 Enviar por e-mail Versão para Impressão acessos
61
 
Sou descendente de imigrantes japoneses, que vieram de um pas de reduzida dimenso territorial, super-habitado, sem recursos naturais e atingido por constantes terremotos, maremotos, tufes e tsunamis, entre outras adversidades. Este fato refora minha convico sobre a importncia da preveno.

Providncia, cautela, cuidado, diligncia, precauo, prescincia, previdncia, prudncia e medida so alguns dos sinnimos da palavra preveno. Como no ditado popular, melhor prevenir do que remediar. Numa citao mais elaborada, como a do pensador Jader Amadi, a preveno importante no s na sade fsica, mas tambm nos pensamentos que so causadores de nossos males e no prximo.

No Brasil fantstico e abenoado por Deus, a conscincia sobre a preveno acaba diminuda. No somos perfeitos e acabamos cometendo erros. Assim com pessoas e servios pblicos. comum a gente transferir responsabilidades aos outros sem assumir que causou acontecimentos negativos nem manifestar arrependimento. Caramba, essa comida me deu dor de estmago; estava estragada! (sem se dar conta de que comeu demais). Poxa vida, estava atrasado e o cara ainda bateu no meu carro! (sem avaliar que poderia ter sado de casa dez minutos antes). Fulano est p. da vida comigo! (sem perceber o quanto magoou com suas palavras).

O mais grave a ausncia de preveno em polticas pblicas. Vejam a alta repentina dos preos dos alimentos, principalmente do arroz. a consequncia final de atitudes irresponsveis dos governos Dilma, Temer e Bolsonaro, que ocasionaram o desmonte dos armazns gerais para formao de estoques pblicos estratgicos de alimentos. Se estivessem operando adequadamente, sob superviso da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), subordinada ao Ministrio da Agricultura, os produtos seguiriam para o mercado, ampliando a oferta freando a escalada de preos.

Como podemos melhorar e aumentar o sentimento de preveno em relao a ns mesmos e ao prximo? So muitas respostas. Sem ser pretensioso, digo uma. Entendo que, alm dos ensinamentos de ordem espiritual, a educao familiar e escolar, desde a infncia, fundamental. No temos o direito de abusar e temos o sagrado dever de conhecer e proteger os privilgios que o Brasil nos proporciona.

Apesar da ddiva da natureza, com potencialidades gigantescas em relao, ao solo, ao clima, s fontes hdricas e sem adversidades naturais, nada infinito. Tudo se desgasta, diminui e acaba um dia. preciso se conscientizar de que os males so reflexos de abusos praticados pelo ser humano.

Nada avana positivamente sem unio. Cabe s autoridades, com apoio da sociedade civil, lideranas e populao, implementarem polticas pblicas adequadas e agirem permanentemente para melhorar a conscincia e o dever geral de preveno. #PrevenoSempre

Junji Abe, produtor e lder rural, ex-prefeito de Mogi das Cruzes, na Grande So Paulo
Enviar por e-mail Versão para Impressão   Ler mais artigos
 
   



     
 
11/04/2014
Ateno aos obesos
 
08/04/2010
Imprensa amordaada, fim da democracia
 
09/07/2010
De corpo e alma
 
 
 
 
JUNJI ABE  |  NOTÍCIAS  |  ARTIGOS  |  IMPRENSA  |  GALERIA  |  Todos os direitos reservados © Junji Abe 2011  | Login


Correspondência: Av. Fausta Duarte de Araújo, nº 145 - CEP: 08730-130 - Jd. Santista - Mogi das Cruzes - SP   |   Telefone: (11) 4721-2001   |   E-mail: contato@junjiabe.com